quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

Ziriguidum

Nunca fui muito ligada ao carnaval. Sempre achei uma festa legal, mas nunca tive ninguém que gostasse de curtir de uma maneira inocente como eu. A maioria das pessoas em que tinha contato sobre o carnaval, achava que era a festa de “afogar o ganso” ou “meter o pé na jaca”. Nunca pensei assim e estava nessa sozinha. Estava. Até esse carnaval.
Finalmente encontrei pessoas com pensamentos normais de se divertir no carnaval, de admirar fantasias e participar da festa contribuindo com a dança para animar o bloco. Fui com meus amigos em um bloco, nos divertimos, sambamos – uns mais e uns menos – e nem bebemos, porque esse não era o objetivo. De repente, no meio da muvuca do bloco, um deu a idéia de irmos ao Sambódromo. Todos concordaram. Seria a primeira vez de praticamente todos e a animação, apesar do tempo feio, aumentava a cada momento que víamos que estávamos mais perto do local dos desfiles.
Quando chegamos lá, estava super cheio de gente... muitos adultos e tal, mas a noite era das crianças. Fomos ver o desfile das escolas mirins e tudo estava muito bem feito. Claro que não tinha o esplendor das escolas grandes, mas tudo era proporcional ao tamanho dos desfilantes... desde o carro ás fantasias. E tudo estava muito fofo ainda mais se contarmos com a animação das crianças.
Chegamos para ver o desfile da Estácio de Sá e no meio do desfile, a chuva ameaçou a cair. Achei que ficaria só na ameaça e comecei a tirar fotos, até que pingos grossos de chuva começavam a cair. Achei que as pessoas começariam a correr e a alegria das crianças se esvair, mas nada disso aconteceu. As pessoas nas arquibancadas e nas cadeiras – pais e mães das crianças e inúmeros simples expectadores – não tiraram o pé dali e a alegria e a empolgação só aumentou. Olhei para a passarela do samba e as crianças mantinham sua alegria, quando não a aumentavam. Fiquei contagiada pela felicidade das pessoas de estarem ali simplesmente pelo prazer de curtir o carnaval e mais quando percebi que nada abalaria aquela felicidade. Eu vi mães orgulhosas pularem cada vez mais, dando força para o filho / filha que desfilava com a alegria estampada no rosto... crianças que provavelmente esperaram o ano todo por aquele breve momento e que valia todo o esforço...
Ficamos na arquibancada, todos contagiados, e eu, mesmo embaixo de chuva, ainda me arriscava a tirar fotos, mas com certo medo de danificar minha câmera nova.
Os meninos dançaram como turistas e curtiram todos os momentos. Ficamos para as duas últimas escolas, a Estácio e a Portela. A chuva, quando achávamos que não tinha mais nada para chover, caía mais e dava mais fôlego para os foliões. E ninguém arredou o pé. Nem nós.

Estranhamente, quando a última escola passou pela avenida e chegou à dispersão, a chuva acabou. Não ficou chovendo aquela chuva fininha nem nada. Ela simplesmente se foi... e o desfile acabara. No fim das contas, ela foi o combustível para todos... e foi muito bem vinda. Me molhei completamente... tudo dentro da minha bolsa ficou ao menos úmido, mas valeu a pena... me diverti, finalmente, num carnaval. Já penso na festa do ano que vem. Até minha fantasia está pensada. Curtirei alguns blocos e voltarei ao sambódromo... assistirei a todos os desfiles... pagarei se for necessário. Irei a alguns ensaios de algumas escolas... adoro sambar. Mesmo. Ainda não descobri quem goste tanto... mas terei um ano para tal coisa. Vou esperar pela evolução do ziriguidum.

Beijos...

2 comentários:

Igor disse...

Carnaval é sempre bom! Mas no fundo eu sou desses que acha que Carnaval é MESMO pra colocar o pé na jaca! XD Muito embora esse Carnaval não tenha sido tão "pé na jaca" como os passados... rsrsrss

Ah sim, fiz um blogspot pra mim.

Bjos!

=^.^= Ivy =^.^= disse...

Pois bem... Jah tinha um tempinho que não vinha aqui... E hoje, qndo resolvi dar um olhada, vi que jah tinha coisa nova, mas tava com mta preguiça de ler... Pensei:"Vou ler só um e amanhã leio o resto..." ...Como seu eu conseguisse néé...
Jah te disse isso, adoroooo seus textos, qndo começo nao consigo parar... Então li 1, 2, 3,4... E com direito a comentário...rsrsrs...

Eh... Realmente janeiro traz essa coisa de"ano novo, vida nova", mas, como vc msma disse, tdo se vai...
E ehh... mto legal a sapucaí... jah te disse neh, q fui dom, seg e sab?? eh mto legal... eu realmente me diverti mto... e sem precisar colocar o pé na jaca...rsrs...
A historia da sua amiga... triste... e lendo, lembro d qndo aconteceu com seu irmao... e ate hj fiko te devendo akele abraço... e... voltando a ela... qual foi o aviso previo q eles nao deram importancia?? ele morreu de q??

Acho interessantissimo o modo como vc expoe os acontecimentos, o q vc acha sobre, e ainda nos faz refletir... pelo menos eu reflito...

Enfim, te adoro viu...
Mil beijokinhasss
Conte sempre comigo!!!