quinta-feira, 25 de abril de 2013

[Gordinha's Facts] Outra Corrida!

Eu disse no post da "volta" que tinha começado (ok, ja até parei de treinar com ele, mas isso é recente e não vem ao caso) a treinar com outra pessoa né? Então... Acho que também disse que o pouco treino que tivemos em janeiro já me fez correr, não tudo, mas boa parte do trajeto de 5km de uma prova super bacana que rolou no início do ano, o Circuito do Sol. A cara do verão, adorei o clima "quente" da prova, como cores, roupas adequadas e um excelente suporte.

Esse evento foi super especial pra mim, era o meu primeiro depois de um treinamento serio focado para isso. Lembro como se fosse hoje, o Luciano dizendo que nunca devemos sacrificar nosso corpo, ou seja, logo nesse primeiro mês, eu, que nunca corri de verdade, não conseguiria completar a corrida toda, mas correria o máximo dela, dando o meu melhor. Até cheguei a perguntar o motivo pelo qual ele achava que eu não correria todos os 5km e ele foi super simples na resposta: os espaços de treino e corrida são completamente diferentes. E pensando bem... É OBVIO! Correr no ar condicionado, na esteira lisa, sem interferências do meio ambiente, sem obstáculos e completamente diferente de se correr na rua, onde os obstáculos são constantes e a preocupação com o corpo é maior.

Mas eu fui, depois de muitos treinos, para o meu primeiro desafio. Marquei com as amigas, lógico! A veterana E MAGRA Raquel, a estreante Inês, a parceira de sempre Simone e as amigas. O dia não estava táo quente, mas estava prestes a abrir um mega sol, então fomos preparadas para um dia de sol, com viseiras e protetor solar.

Na largada, a idéia era a de que eu andasse forte por 5 minutos, pra aquecer todos os músculos e depois começasse a correr de forma intercalada, exatamente comoveu fazia na academia... mas aquela adrenalina toda, com aquele apoio todo, me senti preparada já para largar correndo e foi o que eu fiz. Comecei correndo, nada muito forte, mas eu percebi que meus músculos estavam frios... não segui a orientação do treinador e após 7 minutos de corrida ininterrupta, eu comecei a caminhar forte e minhas amigas corredoras já ganharam distancia. A partir daquele momento, passei a intercalar exatamente como estava fazendo nos treinos e deu super certo. E eu disse que o sol sairia, ardendo em nossas cabeças e não deu outra: ao passar pelos postos de água, todos pegavam dois copos, onde um era ingerido e outro jogado na cabeça, para refrescar o corpo. Eu fiz isso, mas naquele medinho de molhar o iPod todo, me molhei com cuidado.

E a prova foi se desenvolvendo, até eu ver as últimas placas da prova que marcavam os 500 metros finais, de 100 em 100 metros. Foram os 500m mais sofridos da vida! A EXAGERADA!! Aquela contagem regressiva mental, silenciosa, acabava comigo a cada passo. Na última placa de 100 metros eu pensei em caminhar, mas alguém, naquela multidão da chegada, parece que leu minha mente, percebendo minha intenção de caminhar e começou a gritar. A pessoa, que até cheguei a procurar, gritava para que eu não desistisse, que estava acabando, que valeria. Sob gritos de "VAMOS", "NAO PARA" e "NÃO DESISTA" eu corri como se estivesse largando, como se fosse o início da prova, e terminei. Chorei. Discretas lágrimas rolaram pelo meu rosto, sinalizando o fim da prova e a conclusão daquele meu desafio pessoal. Adorei.

Depois foi festa, fotos... Fiquei feliz com o tempo que fiz... E pretendo melhorar! Mesmo sem treinador, vou correr atrás do prejuízo! Olha a meta!

Abaixo, olha as fotos de parte das corredoras!



terça-feira, 23 de abril de 2013

[Gordinha´s Facts] Voltei!

Quanto tempo que não venho aqui né? Mas se você acha que estar longe daqui significou estar longe dos exercícios, se enganou. Continuo naquela saga de perder peso, de comer menos, de freqüentar a academia... mas confesso que ultimamente, um mês, aproximadamente, eu não tenho freqüentado a academia; ando tão envolvida com algumas questões pessoais, que não está sobrando tempo pra cuidar de mim, mas eu tenho que voltar!

E estou voltando pra academia e para os meus treinos de corrida... Treinos esses que vinham bem, explico: no fim do ano, bem no finalzinho de dezembro, decidi que aqueles meu treinos na Praça Paris, perto de casa, não estavam sendo práticos pra mim, afinal, eu ia correr no parque, tinha que levar minha bolsa de ginastica/faculdade, mas não tinha onde guardar ou alguém para tomar conta. E ainda tinha o fato de que o meu treinador não ia sempre, então isso me dava aquele desânimo. Resolvi mudar, tecnicamente saí da equipe, parei de treinar com ele e fui buscar uma coisa só na academia. Acabei conhecendo o Luciano, personal da academia que eu freqüento e fechamos uma parceria de treinos, onde eu iniciaria a prática de corrida, com treinos 3x na semana. Fechamos um valor de 40 reais por aula, o que deu uma quebrada no meu orçamento, afinal, eu pagava 20 reais POR MÊS na outra equipe, mas eu achei que valeria a pena e resolvi arriscar.

Os treinos começaram em janeiro e eu adorei. Se pudesse, ficaria com o personal o ano inteiro, mas o fato é que 3x na semana já estava puxado e nem quis imaginar o quanto seria todos os dias! Então eu treinei com ele o máximo que eu pude! E logo no final de janeiro, quem diria! Corri numa prova! Não corri a prova toda, mas corri uma booooa parte e fiz o meu melhor tempo até hoje - depois eu falo mais dessa prova. Em fevereiro, os treinos continuaram, mas meio loucos, já que tivemos interrupções por conta do carnaval e tudo o mais, mas eu treinei. Mas em março, vieram as minhas férias! Viajei logo no inicio do mês de março e não fui treinar por uns 14 dias seguidos. Quando voltei das férias, me decidi por não ter mais o personal, pois tinha planos audaciosos pra minha vida e 400 reais por mês fariam uma falta tremenda! Então, desde que voltei da minha viagem de férias, eu não corro. Até participei de um evento de corrida, mas como estava praticamente um mês sem correr, eu caminhei alegremente com uma querida amiga - que me faz muita falta no dia a dia - e colocamos o papo em dia!

Pretendo voltar a correr, o quanto antes! Estou até cogitando voltar para o treinador da Praça, mas tenho que me planejar mais. Até queria correr sozinha, mas o fato é que eu preciso de apoio moral, logo, preciso de alguém do meu lado pra ficar me incentivando, ali na esteira mesmo, que me diga que a minha postura está errada, que minha respiração tem de melhorar. Até tenho umas planilhas de treinamento, cada uma com um objetivo diferente, mas eu não me sinto bem para seguir. As vezes acho que simplesmente não vou conseguir, outras vezes acho que não tenho a disciplina necessária. O fato é que eu não sigo as planilhas, ainda não voltei a correr, e estou de mimimi pra recomeçar. Tenho procurado uma galera pra correr comigo, como num grupo de corrida e tal, mas tem sido bastante complicado; as vezes o local não me favorece, por outras, o preço é altíssimo, as vezes o grupo só monta a planilha e não te acompanha nos treinos... Hoje passei boa parte da manhã pensando em simplesmente correr sozinha e alcançar meus objetivos por mim mesma... Será essa a meta!

E as lutas?? Eu conto...

Abaixo, olha eu e minha amiguinha linda no nosso ultimo evento... Colocando o papo em dia!