domingo, 5 de outubro de 2014

Peraí... (re)start?

Sim!!! (RE)start!
Eu já estava fazendo exercícios, mas não estava focando na alimentação nem controlando numa planilha nem nada... Agora vou passar a anotar e a me policiar.
Ok, as coisas seriam mais interessantes se o Márcio Atalla ficasse ao meu lado, durante toooodo o dia, me dizendo o que fazer, como fazer e quando fazer - além do que comer! Mas não rola! Então... vou de controle na planilha, no calendário, na balança, no espelho...

Quero mesmo um corpo melhor, saúde melhor, auto-estima melhor... e querer é poder. O poder no sentido de que sim, você pode fazer... e no sentido de ter poder para mudar, ser super poderoso!

sábado, 4 de outubro de 2014

[Gordinha's Facts] #HotBody

Ando com o meu projeto #hotbody meio parado... quer dizer, ANDAVA. Explicarei.

Uma amiga que fiz na casa da minha madrinha entrou em contato comigo no whatsapp na sexta-feira (ontem) perguntando sobre exercícios físicos que ela poderia fazer afim de perder peso... Ela começou perguntando sobre abdominais, e fui explicando mil coisas (inclusive cortei o abdominal da lista dela - por enquanto).
A medida que eu ia falando, percebi que sabia de muitas coisas relacionadas a prática de exercícios, a vida saudável, alimentação, rotina... só que ao mesmo tempo, percebi que não fazia nada daquilo! Falei sobre dietas, repudiei dietas malucas, frisei o consumo de água - sim, da ÁGUA que eu mesma não bebo - e de alimentos saudáveis e frutas. Falei mal dos refrigerantes e de muitas outras coisas.

Reparei que eu sempre tive a faca, o queijo, o guardanapo e até um copo de suco nas mãos, mas nunca usei. Minhas "n" idas e vindas de nutricionistas contribuiu pro meu conhecimento das regras do que pode e do que não pode e sim, carboidrato PODE! Além disso, contribuiu para minha facilidade em dividir os horários de alimentação e o que comer em cada tempo, dentro daquela regra de ouro: de 3 em 3 horas. Conversei muito com a Sandra - esse é o nome da amiga - e depois reli a conversa toda. Foi tenso ler tudo o que eu disse pra ela, ver que eu sabia de tudo e não aplicava. Mas aí, junto com ela, tive a ideia de, juntas, colocarmos uma meta pessoal para cada uma. Colocamos nossos desejos na bandeja e resolvemos subir um degrau de cada vez. 
Sim, até com a meta eu me preocupei. Sei que a gente tem aquela ânsia de chegar num resultado, mas se colocamos uma meta surreal e não a alcançamos, ficamos frustradas e desistimos de tudo. Não paramos nem pra olhar aquele quilinho que perdemos ou aquela afinada no rosto. Pensando nisso, foquei na ideia da meta mensal... o que é bacana, e vamos tentar nos superar a cada mês.

A ideia está muito legal, bacana... mas e ai? Vai pra frente?  

Sim!!! Vai pra frente!! Entre dicas de exercícios, comidas, hábitos e etc, vou começar falando do planejamento e como vamos seguir. Achei legal a ideia de imprimir um calendário do mês corrente tipo esse aí embaixo e escrever MESMO os deslizes, os dias que fez exercícios, os dias que não fez... vai servir pra anotar a meta e as medidas/peso do primeiro dia. Achei legal também nos pesarmos toda semana ou quinzenalmente para não ficarmos neuróticas com a balança. 



Uma coisa muito legal que me explicaram sobre a grande questão de gordura x massa magra é que a gordura ocupa mais espaço, enquanto a massa magra pesa mais, apesar de não ter tanto volume. Então, vai ter uma hora em que essa pesagem quinzenal vai se tornar mensal e os resultados vão vir no espelho, nas roupas e nos elogios.

Além da ideia do calendário (que será devidamente colado na porta do armário por dentro - e ninguém precisa ficar vendo, já que é uma coisa pessoal, que só interessa a você), tem ainda o fato de cortar as frituras e reduzir doces e massas. A alimentação é um capítulo a parte e farei um post aqui mostrando uma planilha de substituições que estou fazendo. Além disso tudo temos o planejamento dos exercícios: Sandra caminha e eu corro. Sim, basicamente isso. 
A ideia dos exercícios é não ficar parado. Não adianta mudar os hábitos e não fazer nada... cada uma está fazendo o exercício que pode e que gosta. Há outros, mas nossa rotina mega cheia não consegue se adaptar. 

E sempre vão ter sempre novidades por aqui...  Os deslizes, as vitórias, as fotos inciais (somente da balança), os starts, os stops, evoluções... tudo vem por aqui.

Dizem que fazer uma atividade com alguém, te motiva, te dá o UP pra continuar. To acreditando nisso: mesmo morando a bons quilômetros de distância da Sandra, me sinto próxima dela com relação a realização dos exercícios e das metas que colocamos para nós mesmas. 
Acho que o mais importante nessa empreitada é sermos honestas com nós mesmas. Não vai adiantar nada querer um #HotBody e ficar pensando, deitada no sofá, em como seu corpo ficaria e não levantar e tomar uma atitude.

Meu (re)start será na segunda, dia 06/10. E o seu?